O que significa Ternuma?

318
O que significa Ternuma?
O que significa Ternuma?

Ternuma – (sigla para Terrorismo Nunca Mais) é uma organização não-governamental formada em 1998 por militares, ex-militares, familiares e simpatizantes com o objetivo de contestar a versão vigente sobre o período militar no Brasil (de 1964 a 1985).

O nome adotado surgiu como contraponto ao Grupo Tortura Nunca Mais, fundado em 1985 por vítimas da repressão política no período dos Anos de Chumbo. Desde a sua criação, o grupo Ternuma tem se oposto à concessão de indenização aos familiares que tiveram parentes mortos ou desaparecidos, porque considera que vários daqueles militantes tinham praticado atos de terror. Segundo as contas do grupo, 119 pessoas foram mortas pelo “terrorismo de esquerda”, sem direito à indenização segundo o projeto original (lei 9.140, “Lei dos Desaparecidos”) aprovado em 4 de dezembro de 1995, no governo de Fernando Henrique Cardoso, e que estipula reparação pública aos atingidos pela instabilidade política entre 1961 e 1988.

Apesar de não assumir uma definição política explícita, o Ternuma tem ostensivamente enaltecido a intervenção militar que depôs o governo de João Goulart, apontado publicamente os ex-integrantes da luta armada de esquerda no Brasil que ocuparam cargos nos governos de Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva, e criticado fortemente as invasões de propriedade promovidas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra. Para seus críticos, trata-se de uma organização de extrema-direita.

Em 2002, a comentarista Miriam Leitão alegou ter recebido ameaças vindas do site do grupo Ternuma, por ter feito uma comparação entre a morte do jornalista Tim Lopes(morto naquele ano por narcotraficantes do grupo Comando Vermelho, no Rio de Janeiro) e o assassinato de Vladimir Herzog, nas dependências do DOI-CODI, em São Paulo, em 1975.

Em 2008, o Ternuma publicou uma nota classificando o comando do exército do Brasil de “covarde” e “omisso” , por não ter defendido o coronel reformado Carlos Alberto Brilhante Ustra diante da condenação, pela Justiça brasileira, pelo sequestro e tortura de cinco integrantes da família Almeida Teles (cujos pais eram militantes do PCdoB), nos anos de 1972 e 1973.

COMPARTILHAR
Stive
Stive é o portal de Segurança e Defesa que está revolucionando a forma como a comunidade Law Enforcement encontra notícias relevantes. Stive é o destino on-line mais abrangente e confiável para as autoridades e instituições policiais em todo Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA