Como funciona o Quadro de material bélico?

1946
Como funciona o Quadro de material bélico?
Como funciona o Quadro de material bélico?

O Quadro de Material Bélico é o serviço do Exército Brasileiro que realiza apoio logístico voltado para a manutenção do material bélico, principalmente, os armamentos, as viaturas e as aeronaves, no tocante ao suprimento de peças e conjuntos de reparação destinados a esses materiais. Entre suas atribuições, incluem-se também o suprimento de combustíveis, óleos, graxas e lubrificantes para motores e máquinas.

Foi criado por meio da Lei 3.654, de 4 novembro de 1959, o Quadro de Material Bélico, componente operacional do exército, que integrava os antigos setores que se dedicavam na obtenção e distribuição de suprimento de material bélico, manutenção e evacuação de todo o material usado pela força terrestre.

Todavia, as origens do Material Bélico remontam ao período colonial da história do Brasil, quando se organizara uma estrutura de manutenção capaz de apoiar e prestar manutenção ao material militar do exército colonial.

A Missão Francesa trouxe a motomecanização o que acarretou um grande volume de novos equipamentos, proporcionando um aumento significativo das necessidades de manutenção de material rodante militar, bem como das demais atividades paralelas requeridas à sua manutenção.

Em razão dessa necessidade criou-se o Centro de Instrução de Motorização e Mecanização, por ordem do marechal José Pessoa Cavalcanti de Albuquerque e do general Carlos Flores Paiva Chaves. O centro ampliou-se, e foi sucessivamente denominado: Escola de Motomecanização (1942) e Escola de Material Bélico (1960), quando incorporou o Curso de Armamento e Munições que era ministrado na Escola de Instrução Especializada. A Portaria do Comandante do Exército nº 126, de 10 de março de 2010, transformou a Escola de Material Bélico em Escola de Sargentos de Logística.

O tenente-general Carlos Antônio Napion é o patrono do Quadro de Material Bélico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.