Rita Lee indeniza PMs por dano moral

363
Rita Lee indenizará PMs por dano moral
Rita Lee indenizará PMs por dano moral

A cantora Rita Lee, que pensou que iria desmoralizar a polícia nordestina gratuitamente se deu mal. Pelo menos 16 policiais militares entraram com ações por danos morais contra a cantora Rita Lee. O advogado de 7,  pediu a indenização de R$ 24.880 para cada militar agredido verbalmente pela artista. As ofensas aconteceram depois do show de despedida do Sergipe.

Na semana passada, a Justiça propôs a Rita Lee que doasse o cachê, de R$ 115 mil, para o Fundo Municipal para Criança e Adolescente da Barra dos Coqueiros e prestasse serviços à comunidade por três meses, para não dar prosseguimento à ação.

Fonte: Exame

 

COMPARTILHAR
Stive
Stive é o portal de Segurança e Defesa que está revolucionando a forma como a comunidade Law Enforcement encontra notícias relevantes. Stive é o destino on-line mais abrangente e confiável para as autoridades e instituições policiais em todo Brasil.

8 Comentários

  1. A Policia como sempre é afrontada e alguns ainda acha normal. Vem uma cantora (Desculpe os cantores de verdade) que canta duas ou trés musicas a 40 anos e acha que é artista. Eu fico com vergonha por ela. Isso porque eu a (infelizmente) admirava.

  2. Isso é uma vergonha, uma mulher dessa idade insentivando os adolescentes conviver com as drogas! procure seu lugar, use o que você quiser, ainda está achando pouco, vbelha imoral.

  3. Eu achei ótimo, já estava na hora de alguém tomar uma atitude digna de um país de primeiro mundo, colocar ela pra fazer serviço comunitário é um bom começo, idenizar não somente aqueles policiais militares em particular mas também idenizar a instituição Policia Militar, porque esta também foi agredida pelo desrespeito desta senhora.

  4. Mulher sem moral,drogada sem caráter, vem querer desmoralizar policiais, tem que pagar sim por isso.
    Parabéns aos policiais que a processaram, não pode deixar barato mesmo.

  5. Agora gostaria de saber a justificativa para colocar dentro de um evento de massa pessoas armadas com o intuito de coibir uma prática que já foi desclassificada como crime. O que fariam aqueles policiais se a multidão investisse contra eles? abririam fogo? O certo não seria a contenção e revista na entrada para coibir o tráfico? já participei de eventos de massa e o procedimento padrão é esse. Vide o que aconteceu na USP onde os policiais foram acuados e achincalhados mais uma vez, passando a imagem negativa do autoritarismo e arbitrariedade, sem nenhum resultado positivo.

  6. o fato real do caso concreto é que a droga venceu o homem e os viciados são em maior número. Eles querem saber se as nossas crianças querem que agente volte pra casa? Eles querem é consumir o bagulho e as pessoas que não usam que se fodam. Vejo que precisam da droga pra não entrarem em depressão. O maior problema do ser humano não é a autotutela. É o egoismo, pois matam até por uma bicicleta. A grande frustração deles é porque sabem que on policial está armado se não eles nos enfrentariam. São fracos precisam da droga, como um homem que se isola num mmosteiro por toda sua vida para provar que é santo. Eu quero ver é vc conviver com tudo que vejo nas pessoas ou com uma morena da bunda bem grande e continuar santo. Vai nter BACANAGEM.

  7. Excelente, todo policial que se sentir ofendido por atos arbitrários de pessoas revoltadas com a polícia, por esta inibir atos contrários à moral. Não devemos esperar que o estado se posicione em favor do policial, porque para o seu representante, o que interessa é o voto, sem importar a origem.

  8. Obviamente nenhum de vocês apanharam desses senhores. Eu sei o que foi aquilo lá. P/ quem acredita na “pureza” dos fardados o que eu desejo é QUE NUNCA SEJAM VITIMAS DE QUEM DEVERIA DEFENDER VCES. Apenas. Sabem quantos B.O foram feitos , incluindo exame de corpo de delito contra esses policias?? muitos.. E sabem no que deu? Aham.. Ser o lado mais fraco é ph@#$. E o que mais me revolta é que a única pessoa que não ficou calada vendo aquela cena de truculência policial, será a pagar. Justiça?? Onde? Brasil, né…

DEIXE UMA RESPOSTA