Após acidentes com armas da Taurus, governo apresentará parecer técnico

240

O parecer técnico que definiu os parâmetros do novo armamento de cano curto, a ser utilizado pelas forças de segurança em Mato Grosso, será apresentado em uma audiência pública no próximo dia 15 de agosto. O edital de convocação foi publicado na última sexta-feira (28 de julho) no Diário Oficial do Estado. O encontro abrirá discussões sobre o parecer que definiu a pistola 9mm como modelo padrão para utilização na atividade policial.

O processo de estudos sobre a padronização bélica vem sendo realizado desde o mês de março. A comissão técnica instituída pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), uniu representantes das polícias Civil (PJC) e Militar (PM) e da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) para avaliar o modelo mais qualificado para atender as demandas policiais no Estado.

O encontro será realizado no auditório do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) a partir das 8 horas. Com a apresentação pública, o próximo passo é aguardar das empresas que se enquadrarem as qualificações que se manifestem para disputar a licitação.

Empresas nacionais e internacionais poderão participar da concorrência. O objetivo é garantir a qualidade do material a ser disponibilizado para o Estado e atender aos critérios estabelecidos pela comissão.

Segundo o major PM Marcos Pacolla, membro da comissão que avaliou a troca de armamento, para a compra serão avaliados o melhor preço que se enquadrar aos critérios técnicos requisitados que são; simplicidade, aplicabilidade, durabilidade e resistência das pistolas. “A empresa vai ter que enquadrar as determinações, o nosso objetivo é aliar de produtos com qualidade e menor preço, destacando que o relatório avaliou requisitos técnicos e não marca ou modelo”, explicou.

Assumindo a vanguarda nacional na busca por parâmetros próprios para licitação de armamento pelas forças policiais estaduais, a Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT) estimulou outros Estados brasileiros a buscarem a troca de armamento de cano curto por modelos de calibre 9mm.

O trabalho, segundo o secretário Rogers Jarbas, faz do Estado uma referência em padronização bélica. “Outros Estados estão aguardando a publicação para que possam seguir o modelo de Mato Grosso, fico muito feliz de sermos uma referência nacional em padronização bélica. Tenho convicção de que com este trabalho vamos colher bons frutos” destacou o secretário.

COMPARTILHAR
Stive
Stive é o portal de Segurança e Defesa que está revolucionando a forma como a comunidade Law Enforcement encontra notícias relevantes. Stive é o destino on-line mais abrangente e confiável para as autoridades e instituições policiais em todo Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA