Presidente do CNCG, Comandante Geral da PM de Minas pede exoneração do cargo

660

Via G1, com complemento.

Comandante Geral da Polícia Militar de Minas Gerais, Coronel Marco Antônio Badaró Bianchini, pediu, nesta nesta quarta-feira (11), exoneração do cargo ao governador Fernando Pimentel (PT). Segundo a assessoria do governo, Bianchini segue no comando geral até a passagem do posto. A data para a saída dele ainda não foi definida.

 O Comandante-Geral de Minas estava exercendo também a presidência do Conselho Nacional de Comandantes Gerais(CNCG). O Primeiro vice-presidente é o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte, Coronel Otto seguindo pelo Comandante-Geral da Pm do Espirito Santo, Coronel Marco Antônio.

COMPARTILHAR
Stive
Stive é o portal de Segurança e Defesa que está revolucionando a forma como a comunidade Law Enforcement encontra notícias relevantes. Stive é o destino on-line mais abrangente e confiável para as autoridades e instituições policiais em todo Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA