DF: Grupo fecha via CONTRA retirada de posto da PM

Protesto aconteceu em Samambaia Sul, entre as quadras 319 e 519. Manifestantes queimaram pneus e bateram panelas durante o ato.

849

Moradores de Samambaia Sul, no Distrito Federal, fecharam a avenida central nesta quinta-feira (29/09) entre as quadras 319 e 519 para protestar contra a possibilidade de transferência do Batalhão de Polícia Militar da região para Águas Claras. O grupo também criticou a suposta decisão de desativar o posto comunitário de segurança que funciona na área. O G1 procurou a Secretaria de Segurança Pública para comentar o caso, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

Com o bloqueio, o trânsito foi desviado para aa via paralela. Não houve congestionamento. A PM e o Corpo de Bombeiros acompanharam o ato. Manifestantes queimaram pneus, empunharam faixas e bateram panelas para chamar atenção.

Líder da associação de moradores, Domicío do Carmo disse que a população não concorda com a suposta medida. “Os postos policiais não podem ser retirados”, declarou. Segundo os manifestantes, a segurança na região é falha. Os crimes mais frequentes, afirmam, são roubo e tráfico de drogas.

A estudante Marlene de Jesus também reclamou da possível mudança. “Já esta acontecendo as coisas aqui com o posto. Sem policia vai ficar pior”, disse. Nesta quinta, tanto o posto comunitário quanto o batalhão funcionavam normalmente.

http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2016/09/grupo-fecha-no-df-contra-retirada-de-posto-comunitario-da-pm.html

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.