Concursos da Polícia Militar do Brasil lançados desde 2005

Policia Militar do Amapá, lançou edital, agora em julho de 2009 – 150 vagas soldado

Policia Militar de Brasília lançou edital em 2009 – 1500 vagas soldado
-
Policia Militar de Minas Gerais lançou mais de 4 editais – 4000 vagas soldado aproximadamente
-
Policia Militar do Rio de Janeiro lançou edital em 2009 – 4000 vagas soldado
-
Policia Militar de São Paulo lançou edital em 2008 – 2500 vagas soldado
-
Policia Militar do Acre lançou edital em 2008 – 600 vagas soldado
-
Policia Militar da Paraíba lançou edital em 2008 – 1000 vagas soldado
-
Policia Militar de Roraima lançou edital em 2008 – 20 vagas CFO
-
Policia Militar do Pará lançou edital em 2008 – 1500 vagas CFO e soldado
-
Policia Militar do Ceará lançou edital em 2008 – 2000 vagas soldado
-
Policia Militar do Mato Grosso lançou edital em 2008 – 1030 vagas soldado
-
Policia Militar do Rio Grande do Sul lançou edital em 2008 – 3000 vagas soldado
-
Policia Militar do Paraná abriu CFO em 2009
-
Policia Militar de Santa Catarina lançou edital em 2008 – 600 vagas soldado
-
Policia Militar do Amazonas lançou edital em 2008 – 1000 vagas soldado
-
Policia Militar da Bahia lançou edital em 2009 – 3200 vagas soldado
-
Policia Militar do Espírito Santo lançou edital em 2008 – 680 vagas soldado
-
Policia Militar do Mato Grosso do Sul lançou edital em 2007 para soldado… e 2009 para CFO
-
Policia Militar do Piauí abriu edital em 2009 – 500 vagas soldado

QSJ das Polícias Militares do Brasil

Atualizado em Janeiro 31, 2008

Policias Militares

A base

Estado/

Região

Soldado Cabo
S

E

Rio de Janeiro 818,54 1.282,06
São Paulo 1.369,37 1.456,45
Minas Gerais 1.467,00 1698,18
S Paraná 1.083,63 1.184,72
C

O

Mato Grosso do Sul 1.397,00 2.200,00
Goiás 1.745,09 1.939,13
Distrito Federal 3.368,01 3.573,26
N

E

Rio Grande do Norte 1.594,73 1.637,91
Alagoas 1.248,49 1.772,20
Ceará 1.147,71 1.193,61
Pernambuco 1.157,69 1.185,77
Sergipe 1.204,10 1.237,72
Paraiba 1.081,91 1.158,91
Bahia 1.412,34 1.473,25
N

Tocantins 1.510, 46 1.972,87
Roraima 1.526,91 1.619,31
Amapá 1.092,35 1.238,15

Graduados

Estado/

Região

Terceiro

Sargento

Segundo

Sargento

Primeiro

Sargento

Subtenente
S

E

Rio de Janeiro 1.538,65 1.758,93 2.159,35 2.293,34
São Paulo 1.631,89 1.786,53 1.957,67 2.130,25
Minas Gerais 1.998,00 2.220,00 2.550,00 2.800,00
S Paraná 1.394,62 1.477,48 1.586,38 2.054,38
C

O

Mato Grosso do Sul 2.700,00 3.200,00 4.100,00 4.500,00
Goiás 2.202,38 2.403,46 2.672,57 3.145,71
Distrito Federal 4.227,01 4.579,64 5.079,48 5.601,40
N

E

Rio Grande do Norte 1.879,83 2.173,36 2.222,34 2.350,95
Alagoas 1.772,20 1.928,39 2.232,02 2.481,11
Ceará 1.218,80 1.405,88 1.566,08 1.768,27
Pernambuco 1.782,32 1.889,68 2.126,91 2.350,17
Sergipe 1.257,64 1.325,17 1.502,08 1.713,78
Paraiba 1.416,65 1.703,61 1.989,33 2.309,06
Bahia 1.638,24 1.721,53
N

Tocantins 2.737 ,03 3.095,25
Roraima 1.787,94 1.953,11 2.159,85 2.634,56
Amapá 1.715,51 2.116,96 2.439,2 2.899,40

Oficiais subalternos e intermediário

Estado/

Região

Segundo

Tenente

Primeiro

Tenente

Capitão
S

E

Rio de Janeiro 1.812,97 2.107,41 2.851,01
São Paulo 3.000,00 3.814,47 4.165,09
Minas Gerais 3.739,64 3.739,64 4.203,44
S Paraná 3.011,09 3.459,86 falta
C

O

Mato Grosso do Sul 5.000,00 6.200,00 7.500,00
Goiás 4.155,00 4.750,00 6.874,00
Distrito Federal 6.912,37 7.350,99 8.084,44
N

E

Rio Grande do Norte 3.000,72 3.791,75 4.800,00
Alagoas 2.623,80 3.003,57 4.128,29
Ceará 2.019,31 2.261,65 3.228,88
Pernambuco 2.841,11 3.163,37 4.175,63
Sergipe 2.252,41 2.556,99 3.211,82
Paraiba 2.619,04 3.001,77 3.442,06
Bahia 3.653,83 4.055,17
N

Tocantins 4.009,20 4.852,53
Roraima 2.918,69 3.736,43 4.502,19
Amapá 3.383,07 3.745,19 4.266,76

Oficiais superiores

Estado/

Região

Major Tenente-Coronel Coronel
S

E

Rio de Janeiro 3.765,17 4.223,79 5.521,24
São Paulo 4.490,73 4.933,77 5.178,99
Minas Gerais 4.541,07 5.094,61 5.648,15
S Paraná falta falta falta
C

O

Mato Grosso do Sul 10.500,00 11.000,00 12.000,00
Goiás 7.860,00 9.400,00 10.473,83
Distrito Federal 9.562,42 10.166,66 10.542,55
N

E

Rio Grande do Norte 5.511,58 6.518,33 7.310,52
Alagoas 7.607,76 8.886,30 11.500,00
Ceará 3.713,38 4.682,21 5.870,31
Pernambuco 4.928,18 5.607,25 6.170,35
Sergipe 4.318,14 4.729,40 5.615,17
Paraiba 3.834,71 4.158,27 4.915,59
Bahia 4.925,37 5.284,00 5.856,84
N

Tocantins 5.204,87 5.908,76 7.034,78
Roraima 5.131,67 5.461,83 5.857,01
Amapá 5.249,97 6.068,15 6.505,20

Indicadores

Estado/

Região

Renda

Per capita do Estado *

X
S

E

Rio de Janeiro R$ 14.639
São Paulo R$ 13.725
Minas Gerais R$ 8.771
S Paraná R$ 12.725
C

O

Mato Grosso do Sul R$ 8.945
Goiás R$ 7.501
Distrito Federal R$ 19.071
N

E

Rio Grande do Norte R$ 5.370
Alagoas R$ 3.877
Ceará R$ 4.170
Pernambuco R$ 7.324
Sergipe R$ 6.782
Paraiba R$ 4.165
Bahia R$ 6.350
N

Tocantins R$ 3.776
Roraima R$ 4.881
Amapá R$ 6.796

Atualizado em Janeiro 31, 2008

Agradecimentos Especiais :

Vinícius – CAP da PMPB

http://www.salariospm.xpg.com.br/

Alexandre de Sousa- 2º Ten da PMERJ

http://www.diariodeumpm.net/

A polícia Existe para proteger seus Direitos

Ouvidoria

Terminando esta série de artigos de direitos humanos, iniciado pelos últimos 2 posts, com o material de domínio público da SEDH/PR, aqui trata sobre a Ouvidoria de Polícia.

Se você for vítima de má atuação policial, procure a [[Ouvidorias|ouvidoria de polícia do seu Estado]].

Esta cartilha se encontra na integra na Secretaria Especial dos Direitos Humanos – SEDH.

Não tenha Medo de Denunciar. Se for preciso, seu nome será mantido em Sigilo. Se você é policial e sofre abusos na sua Instituição também pode denunciar!

Charge Mangabeira

Charge do Blog do Mangabeira
© copyright-mangabeira – todos os direitos reservados

Ouvidoria de Polícia

O que é para que serve?

A Ouvidoria da polícia é um orgão do governo do Estado que tem como atribuições ouvir, encaminhar e acompanhar denúncias, reclamações e elogios feitas pela população sobre a atuação policial.

A ouvidoria não investia as denúncias recebidas, mas as encaminha para a Corregedoria e acompanha a apuração, trabalhando para que ela seja rigorosa e imparcial.

O que denunciar?

Você pode procurar a Ouvidoria sempre que a polícia não for eficiente e se for vítima ou tiver conhecimento de atos ilegais praticados por policiais.São exemplos de ação ilegal de policiais:

  1. Cobrar pelos serviços prestados;
  2. pedir dinheiro para não registrar uma ocorrência ou uma multa
  3. Não tratar corretamente as pessoas nas delegacias ou quando são chamados a atender uma ocorrência;
  4. Maltratar, ofender ou humilhar as pessoas;
  5. Usar violência desnecessariamente;
  6. Torturar as pessoas.

A ouvidoria só fala mal da polícia?

A ouvidoria é parceira das Polícia.
Ela ajuda a Polícia a aperfeiçar seus serviços, apontados suas falhas.
A Ouvidoria também ajuda a Polícia, oferecendo sugestões
para que os serviços prestados sejam melhores e mais eficientes.

Policial também pode procurar a Ouvidoria?

Policiais também têm direitos!

Quando sofrem violência nas instituições, os policiais também podem – e devem – procuarar a Ouvidoria.

A Ouvidoria também existe para proteger os policias respeitadores da lei e que trabalham por uma polícia melhor

Links

  1. Ouvidoria de Polícia do Estado de Minas Gerais
  2. Ouvidoria de Polícia do Estado de São Paulo
  3. Ouvidoria de Polícia do Estado do Rio Grande do Norte
  4. Ouvidoria de Polícia do Estado do Rio de Janeiro
  5. Ouvidoria de Polícia do Estado de Pernambuco
  6. Ouvidoria de Polícia do Estado do Paraná
  7. Ouvidoria de Polícia do Estado da Bahia
  8. Ouvidoria de Polícia do Estado de Goiás
  9. Ouvidoria de Polícia do Estado do Ceará
  10. Ouvidoria de Polícia do Estado do Rio Grande do Sul
  11. Inspectoria Geral de Administração Interna-IGAI